fbpx

Escola Superior de Saúde do Alcoitão - ESSAlcoitão

Mobilidade Incoming

A nossa Escola

Factos Históricos

A Escola Superior de Saúde de Alcoitão (ESSAlcoitão) é um Estabelecimento Privado de Ensino Superior constituída pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (www.scml.pt), uma instituição sem fins lucrativos fundada há mais de 500 anos e cujos fins estatutários se centram nos domínios da solidariedade, ação social, educação e saúde. Apesar de só recentemente (1994) ter passado a instituição de ensino superior, a ESSAlcoitão conta com mais de 50 anos de experiência na formação de Fisioterapeutas, Terapeutas Ocupacionais e Terapeutas da Fala, tendo sido pioneira na formação destes profissionais em Portugal.

Escola pioneira e de referência na sua área, os primeiros Fisioterapeutas, Terapeutas Ocupacionais e Terapeutas da Fala formados pela ESSAlcoitão foram os fundadores das respetivas Associações Profissionais Nacionais. Por esta razão, tem desenvolvido um forte relacionamento com essas associações profissionais. Muitos dos atuais e antigos professores da ESSAlcoitão foram, ou ainda são, líderes profissionais bastante conhecidos e reconhecidos a nível nacional e internacional.

Participação em redes

Um dos objetivos principais da ESSAlcoitão é consolidar a sua participação a longo prazo nas redes europeias de escolas de:

Fisioterapia – ENPHEEuropean Network of Physiotherapy in Higher Education

Terapia Ocupacional – ENOTHEEuropean Network of Occupational Therapy in Higher Education

Terapia da Fala – NetQuesNetwork for Tuning Standards and Quality of Education Programmes in Speech and Language Therapy

No que concerne a mobilidade Europeia, a ESSAlcoitão objetiva elevar a mobilidade dos estudantes em 5 a 10% e a mobilidade dos professores internos em 15 a 20%, assim como aumentar consideravelmente a remuneração dos professores estrangeiros. É preocupação interna da ESSAlcoitão ter como base para os programas de cooperação o estabelecimento de mecanismos de garantia de qualidade do ensino baseados em parâmetros acordados nacional e internacionalmente.

Processo de Bolonha

No ano académico de 2008/09 os planos de estudo foram adaptados para satisfazer os requisitos do Processo de Bolonha. O primeiro ciclo de Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Terapia da Fala têm um total de 240 ECTS ao longo de 8 semestres, 4 anos académicos.

Coordenadores Departamentais Erasmus+

Departamento de Terapia da Fala
Professora Margarida Grilo
margarida.grilo@essa.scml.pt

Departamento de Terapia Ocupacional
Professora Sílvia Martins
silviam.martins@essa.scml.pt

Departamento de Fisioterapia
Professor António Alves Lopes
antonio.alopes@essa.scml.pt

Estudantes Incoming

Processo de candidatura

Para se candidatar deve certificar-se de que a sua Universidade dispõe de um Acordo Bilateral com a ESSAlcoitão. Se a sua Universidade dispõe de um acordo bilateral com a ESSAlcoitão, o nosso Gabinete de Erasmus, de Informação e de Comunicação terá todo o gosto em ajuda-lo(a).

Os estudantes que pretendam estudar na ESSAlcoitão devem preencher o Student Application Form, para formalizar a sua candidatura. Esta ficha inclui informações como dados pessoais, dados académicos, competências linguísticas, estudos atuais e anteriores, período de estudos no estrangeiro e outros. Os estudantes devem preencher este boletim com a assistência dos seus professores, mencionando o programa de estudos que pretendem prosseguir na ESSAlcoitão (incluindo o código do curso e o número de créditos ECTS atribuídos). Para o preenchimento do boletim, os estudantes devem solicitar a assistência das respetivas Faculdades e professores responsáveis pela sua mobilidade. Os estudantes devem ter ainda em consideração que só serão oficialmente admitidos após a aceitação da ESSAlcoitão.

Plano de Estudos

O Plano de Estudos, tem de ser assinado pelo estudante, pela Instituição de origem (Coordenador institucional e professor responsáveis pela mobilidade) e remetido logo que possível para o Gabinete de Erasmus, de Informação e de Comunicação da ESSAlcoitão.

Uma cópia dos documentos será devolvida após terem sido assinados pelos Coordenadores Erasmus+ Locais e Institucionais da ESSAlcoitão.

Por diversas razões (horários coincidentes, alterações no currículo, etc.), os estudantes podem necessitar de alterar o Programa de estudo acordado previamente, antes ou depois da sua chegada à Instituição de acolhimento. Estas alterações têm de ser aceites pelas partes e o documento tem de ser assinado pelo professor responsável pela mobilidade e pelos Coordenadores das Instituições de origem e de acolhimento. Todas as partes envolvidas devem guardar uma cópia do novo documento e deve ser preparado um novo documento sobre o reconhecimento académico.

Ainda que os candidatos devam preferencialmente preencher o Boletim de Candidatura da ESSAlcoitão, serão aceites Boletins de Candidatura de Instituições Parceiras.

Taxas

O Programa Erasmus+ pressupõe a isenção de Taxas na Instituição de acolhimento, incluindo taxas de inscrição, exames, acesso a laboratórios e bibliotecas, etc. Todos os estudantes estrangeiros da ESSAlcoitão no âmbito do Programa Erasmus+ são abrangidos por este critério. No entanto, os estudantes podem ter de pagar pequenas despesas, como o seguro escolar, associações de estudantes, fotocópias, etc. – à semelhança de todos os outros estudantes da ESSAlcoitão.

Outras informações

Um dos problemas que os estudantes enfrentam quando decidem efetuar um período de estudos no estrangeiro é a saúde. As disposições comunitárias sobre segurança social oferecem soluções nesta matéria – o Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD). Este cartão garante-lhe acesso a cuidados de saúde e assistência médica na grande maioria dos países europeus. Sendo beneficiário dum sistema de segurança social, e quer viaje temporariamente, quer viaje a longo termo, aconselhamos vivamente que o leve consigo.

O que é o Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD)?

É o cartão que lhe permite recorrer a assistência médica ou cuidados de saúde ao viajar para qualquer dos 28 países membros da União Europeia. A Noruega, Islândia, Suíça ou Liechtenstein também estão incluídos. O CESD é individual e intransmissível o que significa que cada membro da família tem que ter o seu. O cartão é modelo único e comum em todos os 28 membros da União Europeia, e ainda Noruega, Islândia, Suiça ou Liechtenstein.

Os cuidados de saúde prestados a si, portador do CESD, serão iguais aos prestados a beneficiários dum sistema de segurança social do país onde se encontre. Convém lembrar que os serviços de saúde podem não ser gratuitos, podem implicar o pagamento duma taxa moderadora ou uma comparticipação.

O CESD deve ser solicitado ao serviço de segurança social do seu país e é um comprovativo de como se encontra registado nesse regime de segurança social, permitindo beneficiar dos serviços de saúde em Portugal. Neste caso, os estudantes deverão pagar o mesmo que cidadãos nacionais nas mesmas circunstâncias. Este formulário deve mencionar o período aplicável de permanência para assistência médica em Portugal e deve ser comunicado ao Centro de Segurança Social onde o estudante irá permanecer.

Bilateral Agreements

Student Application Form

Plano de Estudos / Learning Agreement

Erasmus Information Fact Sheet



 

Responsável Gabinete ERASMUS+ / Head of ERASMUS+ Office
Gabinete de Erasmus, de Informação e de Comunicação
Erasmus, Information and Comunication Office

João Paulo Martins Rodrigues
Telef: +351 21 460 74 67
Email: geic@essa.scml.pt
www.essa.pt

 







Voltar