fbpx

Escola Superior de Saúde do Alcoitão - ESSAlcoitão

Pós-graduação: Fisioterapia em contexto de Emergência, Catástrofes e Ação Humanitária (1.ª edição)

Curso com direito a atribuição de Bolsa* a 100%
*Bolsa de incentivo no valor TOTAL da propina (1400€)

Enquadramento

A World Physiotherapy e os fisioterapeutas envolvidos nas respostas humanitárias, têm vindo a reforçar a necessidade da presença de fisioterapeutas, em todas as fases da gestão de desastres. É necessário reforçar e promover o seu papel nas equipas médicas de emergência (EMT), e afirmar a necessidade de estabelecer e/ou desenvolver serviços de fisioterapia em áreas de desastre.

Atualmente, a reabilitação é considerada uma componente essencial em todas as equipas de emergência médica tipo 2 e tipo 3 e desejável nas equipas tipo 1. Segundo a OMS, a equipa deve ter três ou mais profissionais da área da reabilitação em que um deles é o fisioterapeuta.

Aceitando o apelo internacional de cooperação face ao novo contexto mundial, pretendemos atender à necessidade de habilitar os fisioterapeutas com vista a dinamizar a profissão para uma nova área de atuação em Portugal, a Emergência, as Catástrofes e a Ação Humanitária.

Esta Pós-graduação destina-se a fisioterapeutas que trabalham ou pretendem vir a exercer funções em contextos de emergência, catástrofes, crises humanitárias, como operacionais de primeira intervenção e Organizações Não Governamentais (ONG).

Pretende-se o desenvolvimento do conhecimento, das competências e dos comportamentos para realizar intervenções ou liderar nesses contextos. É fundamental ampliar e aprofundar o papel do fisioterapeuta nestes contextos, incluindo as dimensões de gestão e de resiliência, moldando a sua capacidade de contribuir de forma mais eficaz para o desenvolvimento de soluções confiáveis e duradouras para problemas complexos em resposta a incidentes naturais ou provocados pelo homem, onde quer que ocorram.

Com esta formação, pretende-se ainda aprofundar o conhecimento científico que suporta a intervenção do fisioterapeuta em equipas de emergência médica.

Curso com direito a atribuição de Bolsa* a 100%
*Bolsa de incentivo no valor TOTAL da propina (1400€)

Para concluir com sucesso a sua candidatura, siga os seguintes passos:
Candidate-se aqui! > Registar > Receção de email > Clicar no link (email) > Dados de autenticação > Nova candidatura > Candidatura a um curso > PRR – Candidatura Pós-Graduações

Condições

Pós-Graduação

 

Destinatários

Fisioterapeutas

Número de créditos a atribuir

155 horas / 31 ECTS (European Credit Transfer System)

Propinas

Candidatura** 50€
Propinas* 1400€

Curso com direito a atribuição de Bolsa* a 100%
*Bolsa de incentivo no valor TOTAL da propina (1400€)

** Funcionários CIT (contrato individual de trabalho) da SCML não pagam a taxa de candidatura (50 €).

Calendário

Início a 11 de abril e término em dezembro de 2024

Data de candidatura

até 2 de abril de 2024

Data de inscrição/matrícula

3 a 5 de abril de 2024

Vagas

O curso funcionará com máximo de 24 participantes.

A seriação será realizada segundo a ordem de inscrição e matrícula até ao término das vagas.

Local e horário

Nas instalações da ESSAlcoitão. Cada bloco ocorre em 3 dias consecutivos, 1 vez por mês:

    • 5ª feira das 17 às 21 horas [ou das 09 às 18 horas (1 hora de almoço)]*
    • 6ª feira das 09 às 18 horas (1 hora almoço)
    • sábado das 09 às 18 horas (1 hora almoço)

Objetivos gerais

A Pós-Graduação em Fisioterapia em Contexto de Emergência, Catástrofe e Ação Humanitária visa capacitar fisioterapeutas para desafios específicos nestes contextos. Oferece uma formação abrangente que transcende as competências do fisioterapeuta. Com uma base teórica sólida, os participantes conhecem a história da reabilitação nestes contextos, compreendem o impacto das catástrofes nas populações e abordam
princípios éticos e legais.

Desenvolvem competências práticas específicas, como intervenções em queimados e politraumatizados, combinando-se com uma abordagem de saúde pública, incluindo a prevenção de doenças e o suporte básico de vida.

A pós-graduação destaca-se também pela integração da saúde mental e o apoio psicossocial, além de preparar os profissionais para uma cooperação nacional e
internacional e em contextos multiculturais.

Desenvolvimento de projeto e participação em simulações práticas proporcionando uma aplicação realista dos conhecimentos adquiridos.

Formar fisioterapeutas qualificados, aptos a uma resposta coordenada e eficaz em situações de emergência, catástrofe e ação humanitária.

Competências a adquirir

  • Capacidade de realizar avaliações e triagens eficientes.
  • Implementar intervenções emergenciais e reabilitação pós-trauma.
  • Certificação em Suporte básico de vida com Desfibrilhador Automático Externo (DAE).
  • Gestão de queimados, politraumatizados, amputados.
  • Mobilização precoce e promoção da funcionalidade.
  • Integrar abordagens de saúde mental, oferecendo primeiros socorros psicológicos e apoio psicossocial apropriado em situações de emergência.
  • Colaboração multidisciplinar com equipas de saúde e organizações humanitárias.
  • Gestão de recursos limitados, coordenação de projetos comunitários, considerações éticas e legais.
  • Demonstração de competências adquiridas em simulações e treino prático.

Comissão Coordenadora

Docentes responsáveis:

Coordenadora Administrativa: Maria da Lapa Rosado, Doutoramento em Motricidade Humana – Atividade física e Saúde, Professor Adjunto.

Coordenadora Pedagógica: Carla Gentil Homem, Licenciatura e Mestrado (especialidade em músculo-esquelética) em Fisioterapia, Assistente Convidado.

Entidades parceiras

  • Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil
  • Instituto Nacional de Emergência Médica
  • Bombeiros Voluntários de Alcabideche
  • Organização Mundial de Saúde

Docentes

  • Maria da Lapa Rosado, Doutoramento em Motricidade Humana – Atividade física e Saúde, Professor Adjunto.
  • Dylan Gonçalves, Licenciatura em Fisioterapia e Mestrado em Emergência e Socorro, Assistente Convidado.
  • Carla Gentil Homem, Licenciatura e Mestrado (especialidade em músculo-esquelética) em Fisioterapia, Assistente Convidado.
  • Alexandre Silva, Licenciatura em Fisioterapia e Mestrado em Fisioterapia – especialidade Cardiorrespiratória; Título de Especialista em Fisioterapia (2014).
  • Maria Feio, Licenciatura em Bioquímica, Doutoramento em Microbiologia, Professor Coordenador Convidado, Coordenadora da Licenciatura em Proteção Civil e docente no Mestrado em Gestão de Emergência e Socorro.
  • Joaquim Leitão, Licenciatura em Ciências Militares, Mestre em Ciência Política e Relações Internacionais, Doutoramento em Geografia, Professor Coordenador Convidado.
  • Maria Arranz, Licenciatura em Fisioterapia, membro da START (Spanish Technical Aid Response Team), Assistente Convidado.
  • Bráulio de Sousa, Título de especialista em Enfermagem; Instrutor do curso de First Responder, Técnicas de socorrismo, Trauma, Emergência e Catástrofe; Resgate em ambiente contaminado NRBQ, SAV; SBV-DAE. Instrutor internacional dos cursos ITLS Provider e ITLS Militar; Comandante da Equipa de Posto de Socorro Evacuação / Módulo Sanitário do Exército Português em Missão pela ONU, Shaama (Líbano).
  • Gustavo Namorado, Licenciatura em Medicina e em Direito, Assistente Convidado.
  • Jorge Torgal, Licenciatura em Medicina, Especialista em Dermatologia, Venereologia e em Saúde Pública, Doutoramento em Saúde Pública / Bacteriologia, Agregação em Saúde Pública, Professor Coordenador Principal.
  • Raquel Vareda, Mestrado integrado em Medicina, Especialista em Saúde Pública, Professor Coordenador Convidado.
  • Ana Daniela Simões, Licenciatura em Fisioterapia, Doutoramento em Saúde Pública, Professor Coordenador Convidado.
  • João Veloso, Licenciatura em Psicologia, Psicoterapeuta/ Supervisor EMDR Portugal Europa, Investigador Associado Centro de Trauma Universidade de Coimbra Coordenador Psico ANAFS – ONGD.
  • José María Morán Carrillo, Licenciado em Sociologia; Doutoramento em Trabalho Social; Universidad Pontificia de Salamanca: Madrid/Universidad Pablo de Olavide; Sevilla.
  • Peter Skelton, Licenciatura em Fisioterapia, Mestrado em Fisioterapia, Assessor de Reabilitação, Conflitos e Desastres na Organização Mundial da Saúde; Assistente Convidado.
  • Lídio Lopes, Mestrado em Direito e Segurança, Assistente Convidado.
  • Ana Isabel Vieira, Licenciatura em Fisioterapia, Mestrado em Ciências da Educação, Doutoramento em Ciências da Saúde Professor Adjunto.
  • Patrícia Almeida, Licenciatura em Fisioterapia, Mestrado em Ciências da Fisioterapia, Doutoramento em Ciências da Saúde; Professor Adjunto.
  • António Alves Lopes, Licenciatura em Fisioterapia, Mestrado em Ciências da Fisioterapia, Professor Adjunto.
  • André Jerónimo, Licenciatura em Educação; Extensão universitária em Emergência e Proteção civil pela Faculdade Direito da nova de lisboa, Formador da Escola Nacional de Bombeiros nas áreas de Telecomunicações e Combate a Incêndios Urbanos e industriais, Formador INEM nas áreas de SBV Adulto e Pediátrico, SBV-DAE e Formador de Tripulantes de Ambulância de Transporte e Tripulantes de Ambulância de Socorro. Formação em Múltiplas áreas ligadas a Proteção e Socorro, como Gestão de operações em Incêndios Urbanos e industriais, Gestão de Operações em incêndios rurais, gestão de Acidentes Multi-vitimas e Matérias Perigosas, Curso Medical Response to Major incidents, International Trauma Life Suport entre outros; Assistente convidado

Calendário de aulas

  • 11, 12, 13 abril de 2024
  • 23, 24, 25 maio de 2024
  • 20, 21, 22 junho de 2024
  • 18, 19, 20 julho de 2024
  • 19, 20, 21 setembro de 2024
  • 17, 18, 19 outubro de 2024
  • 14, 15, 16 novembro de 2024
  • 12, 13, 14 dezembro de 2024

Conteúdo Programático

O curso de pós-graduação está estruturado em 7 Unidades Curriculares:

1 – Enquadramento da Reabilitação em Contexto de Emergência, Catástrofe e Ação Humanitária

  • A história da reabilitação nas respostas humanitárias e o papel do fisioterapeuta.
  • O impacto das catástrofes nas populações.
  • O continuum dos desastres/catástrofes e gestão do ciclo de desastre.
  • Equipas de Emergência Médica (EMT) e enquadramento da Fisioterapia.
  • Aspetos culturais.
  • Princípios da Ação Humanitária

2 – Cooperação Nacional e Internacional e Coordenação de Equipas Multidisciplinares:

  • Organizações internacionais envolvidas em ECAH.
  • Organizações Nacionais envolvidas em ECAH.
  • Apoio aos operacionais e à população.
  • Cooperação com outras áreas da saúde em emergências.

3 – Saúde Pública em contexto ECAH

  • Prevenção de doenças e Controle de infeções em ambientes de desastre.

4 – Fisioterapia em contexto de emergência, catástrofe e ação humanitária

  • Perfil de competências específicas do Fisioterapeuta.
  • Suporte Básico de Vida com DAE (com certificação).
  • Preparação
    • Avaliação inicial e Triagem START.
  • Reabilitação em todo o contexto de gestão de catástrofe e a longo prazo.
  • Intervenções imediatas pela fisioterapia.
  • Queimados, politraumatizados, amputados, cardiorrespiratória e outros.
  • Mobilização precoce e funcionalidade.

5 – Saúde mental em contextos de Emergência e Catástrofe

  • Intervenção do Fisioterapeuta em psicotrauma.
  • Primeiros socorros Psicológicos.
  • Métodos e técnicas de Intervenção Psicossocial.

6 – Projeto

  • Desenvolvimento de projeto na comunidade – Linha orientadora: Cada um, um agente de proteção civil.

7 – Simulação e Treino Prático: (simulacro)

  • Exercícios práticos.
  • Treino em equipa para melhorar a resposta coordenada.

Prazos, Propinas e plano de pagamentos

PRAZOS

Apresentação da Candidatura

até 2 de abril de 2024

Seleção e Seriação

a definir

Afixação dos resultados

a definir

Reclamações

a definir

Decisão sobre as reclamações

a definir

Matrículas e Inscrições

3 a 5 de abril de 2024

Início das aulas

11 de abril de 2024

Preço
Taxa de candidatura** (não reembolsável): 50€
Propinas*: 1400€

Plano de pagamentos

Até 5 de abril 2024

500€

Até 8 junho 2024

450€

Até 8 agosto 2024

450€

Total

1.400€*

*Curso com direito a atribuição de Bolsa* a 100% – Consulte os pré-requisitos;

** Funcionários CIT (contrato individual de trabalho) da SCML não pagam a taxa de candidatura (50 €).

  • A desistência de frequência obriga ao pagamento das propinas referentes aos 3 meses subsequentes. No caso de pagamento antecipado, os valores pagos não são passíveis de devolução.
  • A desistência do curso isenta o direito de atribuição de bolsa.

Pré-requisitos

Curso de Pós-graduação completo financiado pelo Programa Impulso Adultos do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). O financiamento é realizado por reembolso, após atribuição das bolsas e segue o disposto em Regulamento.

1. No âmbito do Programa Impulso Adultos, a atribuição da Bolsa* de incentivo está sujeita às seguintes condições cumulativas:

  • Adultos maiores de 18 anos;
  • Residência no território nacional aquando da frequência do curso;
  • Pagamento efetivo da taxa de inscrição e da propina;
  • Assiduidade maior ou igual a 90%;
  • Resultado da avaliação maior ou igual a 10,00/20 valores.


Mais informações:

Secretariado da Formação Pós-Graduada do Departamento de Fisioterapia
Gabriela Arcanjo
+351 21 460 74 50
gabriela.arcanjo@essa.scml.pt



Voltar